O que é redação nota mil do Enem

O que é redação nota mil do Enem (foto: internet)

Quando o Exame Nacional do Ensino Médio se aproxima, muitas dúvidas rondam os estudantes que farão a prova. Uma delas é: o que é redação nota mil do Enem? Hoje vamos decifrar todos os segredos da nota máxima nessa parte tão importante da avaliação.

Ainda que a redação seja motivo de temor para muitos alunos, essa é uma das melhores oportunidades de mostrar o conhecimento que foi construído ao longo da trajetória escolar. Uma redação nota mil do Enem pode ser o primeiro passo para entrar naquela tão sonhada universidade.

Quem tira nota mil não tem poderes especiais ou sorte. Essa nota é fruto de muita leitura, estudos e da prática. Hoje teremos dicas para trilhar esse caminho de sucesso.

Importância da redação do Enem

A redação é nada menos do que 50% da nota final do Enem. Podemos perceber com isso que ela é mais importante que todas as demais disciplinas.

O que é redação nota mil do Enem (foto: internet)
O que é redação nota mil do Enem (foto: internet)

Estudantes que vão bem na prova objetiva mas não vão bem na redação, tendem a ser prejudicados na sua colocação. Da mesma maneira, uma nota boa na redação pode melhorar a sua posição, ainda que não tenha ido muito bem na prova objetiva.

Já que essa parte da avaliação é tão importante, conhecer a sua estrutura e as respectivas exigências é de suma importância. No próximo tópico você conhecerá essa estrutura a fundo.

Estrutura da redação nota mil

São quatro os pilares de uma redação nota mil no Enem. Preste atenção nas características que cada um dele deve ter:

1. TÍTULO: ele não é obrigatório mas é recomendável. E não basta escrever algo aleatório, é essencial resumir todo o posicionamento do texto em uma frase curta. Isso ajuda a mostrar ao avaliador a sua capacidade de síntese. Procure deixar o texto por último, depois que a redação toda já estiver finalizada;

2. INTRODUÇÃO: a parte introdutória da redação é dedicada à contextualização do tema. É interessante incluir uma perspectiva histórica nessa etapa pois um dos critérios da avaliação é a relação entre diferentes áreas do conhecimento. Além disso, use uma tese que demonstre o seu posicionamento inicial;

3. CONCLUSÃO: depois de toda a argumentação decorrente do problema que foi o tema da redação, os avaliadores cobram uma solução plausível para a questão. O local adequado para fazer esse arremate é na conclusão, que podemos chamar de proposta de intervenção;

4. COESÃO: o cerne da sua redação é a coesão entre as diferentes partes do texto. Para tanto, o candidato precisa saber usar conjunções e pronomes como operadores argumentativos. Dessa maneira, o conjunto da obra será lógico e claro para o leitor. Uma dica é usar expressões como: “todavia”, “sendo assim”, “ademais” e outras do mesmo tipo.

Seguindo esses passos, o avaliador perceberá a organização de ideias e a capacidade do estudante de discorrer sobre o tema proposto com boa articulação.

Agora é a sua vez! Estude e pratique essas técnicas e consiga você também a sua redação nota 1000 no Enem!                                          

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *